sábado, 1 de março de 2008

O que significa "tomar um passe" ?

Segue pequeno resumo do assunto "passe":

O QUE: O passe é uma transmissão magnetica de fluidos energéticos, de uma pessoa a outra. Quem recebe é denominado de paciente, e quem ministra o passe é denominado de passista, ou ainda médium passista. "Tomar passe" é, portanto, ter participado de uma sessao de passe, do ponto de vista do
paciente; já do ponto do passista, esse "Deu um passe".

EXCLUSIVIDADE: O passe, assim como a comunicacao mediunica, nao são exclusivos dos espíritas; qualquer um, independente de sexo, ou religiao, pode aplicar ou receber um passe.

TIPOS: Há varias maneiras de se aplicar o passe; os mais comuns sao aqueles usando-se as maos: o passista fica de pé, em frente ao paciente (que está sentado) e vai passando as maos ao longo do corpo do paciente, perto do corpo mas sem toca-lo.

TEMPO e FREQUÊNCIA: O tempo do passe é variavel, mas regra geral é curto, da ordem de 5 minutos ou menos. O numero de sessoes (frequência) tambem varia, e geralmente deve ser grande, para surtir o efeito desejado. Um dos grandes erros de quem "toma" passes é não querer ser submetido a um tratamento prolongado (várias sessoes), porque a transfusão das energias magnéticas (do passista) levam o seu tempo a penetrar nas regiões afetadas, fazendo com que células doentes sejam revigoradas, o que se pode constatar em francas melhoras após um mês ou mais da transmissão dos fluidos. Infelizmente, atravessamos uma época em que queremos tudo feito rápidamente e, por isso, quando não sentimos as melhoras logo nas primeiras sessões, perde-se a confiança e desiste-se de "ir ao passe".

EFICÁCIA: O passe nao é um remedio milagroso. Quem toma o passe recompoe-se, energeticamente falando; mas se tiver uma doenca, essa continuará; assim, o passe nao substitui a medicina tradicional, e sim é um complemento dela.

ORIGEM: O passe, como ciencia organizada, ja era conhecido na epoca de Alan Kardec, sob o nome de "magnetismo"; se houver interesse, a obra de referencia 9 fornece detalhes sobre o magnetismo. A origem do passe perde-se no tempo, tanto é que na ja na epoca da Biblia ha' varias referencias, mostrando Jesus e os apostolos dando passe (fazendo a "imposicao das maos", como era conhecido).

BIBLIOGRAFIA:
1- ARMOND, Edgard- Passes e Radiações, São Paulo, Editora Aliança, 23. edição, 1984.
2- CURTI, Rino- O Passe,(Imposição das mãos), São Paulo, Livraria Allan Kardec Editora, 1. edição, 1985.
3- GORDON, Richard- A Cura pelas mãos, São Paulo, Editora Pensamento, 1978
4- JACINTO, Roque- Passe e Passista, São Paulo, Edições Culturesp Ltda, 3. edição, 1984
5- KARDEC, Allan- Obras Póstumas, Rio de Janeiro, Federação Espírita Brasileira ( Departamento Editorial) 12. Edição, pág. 60.
6- KARDEC, Allan- O Livro dos Médiuns, Rio de Janeiro, Federação Espírita Brasileira ( Departamento Editorial), 49. Edição, 1983, pág. 208.
7- LAPPONI, José- Hipnotismo e Espiritismo, Rio de Janeiro, Federação Espírita Brasileira ( Departamento Editorial) 2. Edição, l979.
8- LEADBEATER, C. W.- Os Chakras, São Paulo, Editora Pensamento.
9- MICHAELUS- Magnetismo Espiritual, Rio de Janeiro, Federação Espírita Brasileira ( Departamento Editorial), 3. Edição, 1975.
10- TOLEDO, Wenefledo de- Passes e curas Espirituais, São Paulo, Editora Pensamento.

4 comentários:

Raiane disse...

eu sou da religião protestante é não critico religião alguma quero dizer que não acredito na vida apos a morte cada um com seu jeito de penssar eu pensso assim se existice outra vida não precisaria-mos dessa que estomos vivento é nem precisaria-mos morre

Scar disse...

mas vc nao morre , o espirito é eterno.

Anónimo disse...

Ma olha nos temos varias vidas para que com cada uma das mesmas possamos aprender algo diferente

Roberia disse...

Eficácia e Origem do passe em contradição

Jesus e seus apóstolos NÃO davam passe em ninguém, pois, segundo a eficácia do passe relatada não confere com o que Jesus e seus apóstolos que em nome dele e pelo poder dele realizavam.

[-] Eficácia do passe
[+] Eficácia do poder de Jesus

- Não é um remédio milagroso.
+ Jesus é o Deus de milagres. Todos quanto foram até a ele, foram milagrosamente curados. Podemos conferir nas escrituras sagradas tal verdade sobre o Mestre (Mateus 4: 23-24/ 8:16/ 12:15/ 14:14, Lucas 4:40) entre tantos outros textos nos mostra isso.

- Quem toma o passe recompõem-se, energeticamente falando; mas se tiver uma doença essa continuará.
+ Jesus não recompunha ninguém energeticamente, Jesus curava completamente qualquer pessoa que cria nele e de qualquer doença que fosse (Lucas 6:18-19 / 7:22).

- O passe não substitui a medicina tradicional e sim um complemento dela.
+ Jesus não é um complemento da medicina, Jesus é essencialmente a cura que toda a humanidade necessita independente de qual for o âmbito da doença (física, mental e/ou espiritual). O seu poder substitui não só a medicina, mas também, todos os seus avanços, tecnologia e conhecimento médico. Entre tantos os milagres de Jesus, sito o relato descrito no livro de Lucas 8:43 à 48, podendo ser encontrado também no livro de Mateus 9:20 à 22 e Marcos 5: 25 à 34, que contam a história da mulher que sofria de fluxo de sangue a 12 anos. A mulher gastara todos seus recursos com a medicina que não pode livra-la do seu mal, e crendo em Jesus e no seu poder, por apenas tocar em suas vestes ficou completamente curada.

Ao refletirmos nas Escrituras Sagradas podemos entender claramente que a imposição de mãos de Jesus, não se tratava de passe e sim de uma liberação de poder e autoridade que somente ele teve, tem e sempre terá, poder este que ele deu a todos quanto de fato segui-lo, que são os apóstolos do passado e da atualidade,podemos conferir isso em Mateus 10 e João 14:12 à 14.

Se você está precisando de algo positivo em sua vida, renda-se a JESUS.